email: csilveira76@hotmail.com

segunda-feira, março 06, 2006

Final empatada a 2-2

Boas a todos

Quando a expectativa é grande e os resultados acabam por não corresponder ao esperado o sabor que fica é um sabor amargo.

No primeiro jogo da final perdemos por 3-1, um jogo que foi totalmente dominado pela nossa equipa na parte inicial e onde se perspectivava o alcançar da vitória. Engano. A meio do segundo set o treinador da equipa adversária fez duas substituições entre elas mudando o distribuidor da equipa e esta foi a chave para a reviravolta do encontro.

Trazendo um tipo de jogo completamente diferente, a nossa equipa não se conseguiu organizar no bloco sentimos muitas dificuldades para travar os ataques da equipa adversária e com um bloco muito pouco eficiente na marcação ao ataque adversário a nossa defesa andou o resto do jogo a tentar cobrir os espaços deixados livres pelo nosso bloco mas sem sucesso e praticamente deixamos de pontuar em contra-ataque. Juntando-se ao desnorte do nosso bloco a recepção começou a claudicar e a meio do segundo set a quando das alterações da equipa adversaria, com os jogadores que entraram a trazerem um serviço flutuante ao qual não soubemos responder da melhor maneira, a equipa adversária acabou por alcançar muitos pontos de bloco e de contra-ataque marcando a diferença até final do jogo. Com estes três elementos (serviço, bloco e contra-ataque) conseguiram-nos neutralizar e levar o jogo de vencido.

Foi um duro golpe para a nossa equipa depois de estar a vencer por 1-0 e estar a ganhar por 20-15 no segundo set vir a perder o jogo por 3-1, mas uma final é final e temos que estar reparados para situações destas.


Sexta-feira jogamos o segundo jogo que também perdemos, desta vez por 3-2, um jogo em que a emoção esteve sempre presente desde o início até ao fim sendo um jogo impróprio para cardíacos.

Nós começamos por vencer o primeiro set com um serviço agressivo e um bloco a conquistar alguns pontos, assim como o nosso contra-ataque, com estes 3 elementos construímos uma vantagem que nos deu a vitória no final do set.

Depois de ter perdido o jogo na segunda-feira anterior a vitória no primeiro set veio mostrar que estamos na luta.

O segundo e terceiro set perde-mos no entanto ambos tiveram histórias diferentes. No segundo set o nosso adversário esteve sempre na frente do marcador fruto de uma vantagem conseguida á custa de um serviço agressivo no início do set, vantagem que nunca conseguimos anular. Já no terceiro set fomos nos que começamos por alcançar uma vantagem inicial fruto de alguns erros não forçados do nosso adversário, no entanto na parte final do set o nosso ataque não conseguiu se superiorizar ao bloco adversário e juntando alguns erros da recepção acabamos por perder o set ficando em desvantagem no jogo 2-1.

O quarto e quinto sets foram sem duvida sets impróprios para cardíacos. No quarto set o marcado nunca registrou uma vantagem superior a 2 pontos com a equipa adversária na frente. Foi então aos 18-16 que o nosso bloco esteve em evidencia conseguindo 3 pontos consecutivos dando-se assim a reviravolta no marcador, a liderar o marcador a nossa concentração redobrou e apoiados por uma recepção muito segura fomos conseguindo concretizar os nossos side-outs. Foi com um bloco ponto que terminamos o set a nosso favor.

Com o jogo empatado a 2-2 o ambiente fervia entre os adeptos das duas equipas e a incerteza no marcador fazia com que o apoio dos adeptos subisse para um patamar mais elevado.

O set começou com a nossa equipa a liderar fruto de 1 erro não forças da equipa adversária mas até á mudança de campo a diferença se manteve e se pode assistir a boas jogados sendo algumas mais longas que o habitual levando a que durante breves momentos se sentisse um silencio forçado pela incerteza e indefinição de quem iria ganhar o ponto silencio que era quebrado por demonstrações de euforia por parte dos adeptos da equipa que vencia o ponto. Na segunda parte do set voltamos a começar bem e conquistamos mais um ponto de bloco aumentando a diferença para 2 pontos, foi aos 12-10 que com 3 erros do nosso ataque o marcador inverteu e passamos a ficar em desvantagem quando todos já apontavam para uma vitória nossa, nesta mesma formação a equipa adversaria faz mais um ponto directo no serviço ficando em vantagem por 14-12, voltamos a ganhar o side-out diminuindo a vantagem para 14-13 mas a equipa adversária no side-out seguinte fecha o set e o jogo.

A derrota no jogo foi mais um duro golpe na equipa pois em enumeras situações adversas conseguimos dar a volta por cima e quando estávamos a liderar para vencer o encontro não soubemos aproveitar a vantagem que tínhamos. O próximo jogo será sexta-feira e até lá vamos trabalhar para conquistarmos novamente vantagem no confronto directo.

Abraço, Silveira

1 Comments:

Blogger voleibol diário said...

O jogo tem destas coisas. Umas vezes ganha-se outras perde-se. O que deve existir, sempre, é a consciência de que se deu, de forma determinada e honesta, o melhor de nós.
Uma andorinha não faz a primavera. Boa sorte e felicidades

6 de março de 2006 às 23:25

 

Enviar um comentário

<< Home